O que é DeFi? Descubra como o mercado financeiro está mudando e ficando mais acessível

O que é DeFi? Descubra como o mercado financeiro está mudando e ficando mais acessível

A infraestrutura financeira moderna é construída em um modelo “hub and spoke”. Os principais centros econômicos de atividade, como Nova York, Londres e São Paulo, funcionam como centros operacionais para a indústria de serviços financeiros e influenciam a atividade econômica em spokes - centros regionais ou potências financeiras como Mumbai ou Milão que podem não ser tão importantes globalmente como centros, mas ainda funcionam como centros nervosos para suas respectivas economias.

A prosperidade econômica ou as dificuldades se irradiam dos centros aos raios e em direção ao resto da economia global. Esse modelo de interdependência se repete no funcionamento das corporações globais de serviços financeiros. Eles têm sedes em hubs e filiais locais, parcerias ou investimentos em todo o mundo. A expansão de suas operações significa que a própria organização está sujeita a uma falange de leis e regulamentos em cada uma de suas jurisdições financeiras. Seu alcance tornou essas instituições sistemicamente importantes para manter o equilíbrio da economia global e necessárias para manter ou criar uma nova infraestrutura de serviços financeiros.

Embora esse modelo tenha funcionado bem no século passado, a crise financeira e, posteriormente, a Grande Recessão, revelaram a falha dessa arquitetura. Os problemas de balanço de algumas grandes instituições financeiras produziram um efeito dominó de economias em queda e o início da recessão global.

As finanças descentralizadas usam tecnologia para eliminar modelos centralizados e permitir o fornecimento de serviços financeiros em qualquer lugar para qualquer pessoa, independentemente de etnia, idade ou identidade cultural. Os serviços e aplicativos DeFi são em sua maioria construídos em blockchains públicos e replicam ofertas existentes construídas sobre os trilhos de padrões de tecnologia comuns ou oferecem serviços inovadores projetados de forma personalizada para o ecossistema DeFi. Ao mesmo tempo, os aplicativos DeFi fornecem aos usuários mais controle sobre seu dinheiro por meio de carteiras pessoais e serviços de negociação que atendem explicitamente a usuários individuais em vez de instituições.

(continua após imagem)

O que é DeFi?

O termo DeFi vem de "Decentralized Finance" traduzindo-se para Finanças Descentralizadas. O uso de tecnologia em serviços financeiros não é novo. A maioria das transações em bancos ou outras empresas de serviços financeiros é realizada com a ajuda da tecnologia hoje em dia. No entanto, o papel da tecnologia se restringe a ser um facilitador dessas transações. As empresas ainda precisam se esforçar para navegar no jurídico de jurisdições, mercados financeiros concorrentes e padrões diferentes para tornar uma transação possível. Com sua pilha de protocolos de software comuns e blockchains públicos para construí-los, o DeFi coloca a tecnologia na frente e no centro das transações no setor de serviços financeiros.

DeFi é comumente colocado no domínio de blockchain e criptomoedas. Mas seu escopo é muito mais amplo. Para compreender os processos de pensamento que levaram ao desenvolvimento das finanças descentralizadas, é importante compreender o estado atual do ecossistema financeiro.

Quais são os componentes do DeFi?

Em um nível mais amplo, os componentes do DeFi são iguais aos dos ecossistemas financeiros existentes, o que significa que exigem moedas estáveis ​​e uma ampla variedade de casos de uso. Os componentes do DeFi assumem a forma de stablecoins e serviços como trocas de criptografia e serviços de empréstimo. Os contratos inteligentes fornecem a estrutura para o funcionamento dos aplicativos DeFi porque codificam os termos e as atividades necessárias para o funcionamento desses serviços. Por exemplo, um código de contrato inteligente possui um código específico que estabelece os termos e condições exatos de um empréstimo entre indivíduos. Se certos termos ou condições não forem atendidos, a garantia pode ser liquidada. Tudo isso é realizado por meio de um código específico, em vez de manualmente por um banco ou outra instituição.

Todos os componentes de um sistema financeiro descentralizado pertencem a uma pilha de software. Os componentes de cada camada têm o objetivo de desempenhar uma função específica na construção de um sistema DeFi. A capacidade de composição é uma característica definidora da pilha porque os componentes pertencentes a cada camada podem ser compostos juntos para formar um aplicativo DeFi.

O estado atual do DeFi

As finanças descentralizadas ainda estão nos estágios iniciais de sua evolução. O valor total bloqueado nos contratos DeFi é de mais de $ 41 bilhões, em março de 2021. O valor total bloqueado é calculado multiplicando-se o número de tokens no protocolo e seu valor em USD. Embora o valor total para DeFi possa parecer substancial, é importante lembrar que é fictício porque muitos tokens DeFi carecem de liquidez e volume suficientes para negociar em mercados de criptografia.

Contratos inteligentes são outra área de preocupação para a regulamentação DeFi. Além do sucesso do Bitcoin, o DeFi é o exemplo mais claro da tese “código é lei”, em que a lei representa um conjunto de regras que são escritas e aplicadas por meio de um código imutável. O algoritmo do contrato inteligente é codificado com as construções e termos de uso necessários para conduzir transações entre duas partes. No entanto, os sistemas de software podem funcionar incorretamente devido a uma ampla variedade de fatores.

Por exemplo, e se uma entrada incorreta fizer com que o sistema trave? Ou, se um compilador (que é responsável por compilar e executar o código) errar. Quem é o responsável por essas mudanças? Essas e muitas outras questões precisam ser resolvidas antes que o DeFi se torne um sistema convencional usado pelas massas.

Como DeFi permite transações rápidas e seguras com JCash?

Ainda em 2020 nosso time de desenvolvimento de produtos começou a estudar como poderíamos utilizar a tecnologia de finanças descentralizadas para beneficiar nossos clientes do programa de recompensas, e já em 2021 apresentamos no mercado a ferramenta JCash Turbinado que utliza a tecnologia de contratos inteligentes para formalizar as negociações. Para acelerar as transações e diminuir custos a tecnologia XRP foi introduzida no dia a dia de nossas operações financeiras e com economias previstas em torno de 5% em taxas bancárias foi possível oferecer o retorno em forma de bônus aos clientes com o propósito de levar mais poder de compras aos nossos clientes, membros e parceiros comerciais. Você pode saber mais sobre JCash Turbinado clicando aqui.

Para saber mais sobre o que esperar dos próximos lançamentos, por favor considere participar do nosso grupo de e-mail para sempre receber nossas notificações, ofertas exclusivas e artigos especiais de forma completamente gratuita. Seus dados não serão vendidos para terceiros e também não praticamos Spam.